Combo - Espiritualidade Antifundamentalista

0 Opiniões
Disponibilidade: Imediata

Por:
R$ 136,49

R$ 132,40 à vista com desconto Pix - Vindi

Produtos do kit

  • 1 unidade
  • Pela vida do mundo - Miroslav Volf; Matthew Croasmun

    1 unidade
Ver todos os produtos do kit
 
Simulador de Frete
- Calcular frete
Sinopse

Eu não saberia explicar as razões da minha fé. Não consigo expressar os porquês da minha devoção. Minha espiritualidade não serve para convencer uma pessoa indiferente. Eu falharia em gerar apetite pelo que transcende. O mistério que tempera o meu viver talvez não sirva em pratos alheios. Minhas convicções não são transferíveis. Minha sede do eterno não é matemática, inamovível. Eu balanço em terremotos. O que dizer de Deus? Pouco. Melhor o silêncio. Que as poucas palavras, então, sejam esforço – precário – de expressar reverência. Ricardo Gondim

 


Este livro que você tem em mãos pode lhe ajudar a se desprender dos velhos paradigmas da teologia, e lhe abrir os olhos para novas formas de pensar que hoje têm se popularizado e trazido alívio e satisfação para muitos cristãos, teólogos ou não, que estavam insatisfeitos com o fundamentalismo e as velhas maneiras de entender Deus, a Bíblia, a Igreja e a vida cristã. Nele, Oord nos convida a revisar nossa imagem de Deus, nossa teologia acerca de Deus, sempre à luz das Escrituras.
O livro Deus Não Pode tem também por objetivo auxiliar teologicamente as pessoas cristãs que, percebendo os sofrimentos deste mundo, e passando por momentos ruins em suas vidas, entraram em crise com relação às velhas noções teológicas acerca da onipotência divina e da soberania de Deus compreendidas a partir das bases racionalistas (e, portanto, irracionais) típicas do modernismo em que o fundamentalismo teológico está filosoficamente ancorado.
Ricardo Quadros Gouvêa


O leitor acostumado com o vocabulário teológico pode sentir um leve estranhamento quando se diz que o propósito da teologia é outra coisa que não falar direta e principalmente sobre Deus, já que o vocábulo de origem grega, theoslogos, parece indicar assim. Pois bem, aqui encontramos um caminho alternativo e, ainda assim, tradicional. Para os autores, a teologia deve se ocupar com a adequação criativa e sempre renovada da verdade de que Deus deseja habitar no mundo e fazer lar junto à sua criação. Isso certamente pressupõe a tarefa tradicional de re?etir sobre a natureza e o ser de Deus, com todas as dificuldades que isto implica, mas não como o fim último da teologia. O estudo de Deus é melhor entendido quando é feito junto ao estudo do objetivo de Deus para a sua criação - testemunhado pelo texto bíblico e elaborado pela teologia ao longo dos séculos. Assim, este é um livro voltado à vida do teólogo e da teóloga. Se a teologia é singular porque sugere, articula e recomenda a vida frutífera segundo a fé em Jesus, o teólogo e a teóloga também devem construir sua vida sob a visão de florescimento que recomendam. Pensemos, por exemplo, nos compromissos mais elogiáveis da teologia atual: o compromisso com a casa comum, com o pobre e o oprimido, com o acolhimento e a misericórdia, com a luta contra as desigualdades, preconceitos e injustiças, ou mesmo o compromisso básico com a vida de devoção e contemplação cristã: sem a adequação possível do compromisso teórico com a vida do teólogo e da teóloga, não haverá qualquer razão para que seus leitores façam o mesmo.
Tiago de Melo Novais

Avaliações

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
Sobre o autor

Produtos visitados